Explicativo Estrutura Nacional

De seguida será explicada as possibilidades de actuação de um vulgar militante dentro do partido, no ramo nacional. Pode ser qualquer pessoa da sociedade pois o sistema foi desenhado para não haverem militantes de primeira nem segunda, excepto por escolha dos próprios.

Estrutura Nacional - Diagrama

De uma forma muito simplificada, os militantes delegam a sua representação em pessoas que actuam dentro das secretarias em grupos de trabalho. Podem-no fazer directamente ou através de um conselheiro de delegação. Existem tantas Secretarias como Ministérios, e em cada uma são tratados assuntos que estejam sobre a sua alçada, ou seja, assuntos sobre a alçada do ministério correspondente(homólogo).

As secretarias são compostas por um Conselho directivo e Grupos de trabalho que são os representantes directos dos militantes

Quando um assunto é decidido dentro de uma Secretaria e aprovado pelo seu Conselho Directivo, transita para o Assembleia Geral Nacional onde se discute a sua viabilidade, e a execução do mesmo é decidida por todos com obrigatoriedade de um consenso mínimo. Se passar é implementada, se não passar retorna à secretaria para corrigir as potenciais falhas que levaram à sua anulação.

Por sua vez, o conselho Nacional se pretender implementar uma medida para o país, terá que a submeter à Assembleia Geral Nacional, que por sua vez e por decisão dos membros será submetida ás secretarias cujo assunto seja do âmbito da sua actuação. Ou seja, mesmo para implementação de medidas desejadas pelo Conselho Nacional, as bases tem que ser consultadas.

Ver as possibilidades de interacção com foco numa secretaria de exemplo

1 – O militante pode ter ou não um Conselheiro de delegação.

O conselheiro de delegação, é por natureza aquela pessoa que captou o militante para o partido, e qualquer militante o pode fazer. Quem o fizer pode assumir o papel de uma forma superficial, introduzindo a família e amigos próximos no partido, ou de uma forma mais profissional captando pessoas para o partido além do seu circulo de proximidade. Neste ultimo caso é provável que exista alguma relação com união ou grupo de trabalho, o que é perfeitamente aceitável.

Se o militante não tiver, pode escolher um através do portal do partido, de entre lista dos mesmos a actuar na sua area de residência.

O militante tem sempre a possibilidade de mudar de conselheiro que mais se adeque aos seus gostos através do portal. A ordenação da lista será feita por nível de compatibilidade(semelhança das votações feitas nas propostas a serem decididas nas secretarias em que ambos tenham votado), ou por numero de pessoas que aconselha.

2 – Delegação de representatividade

A delegação de representatividade é uma forma de o militante atribuir a alguém a confiança dessa pessoa poder fazer escolhas por si, usando o seu poder de voto que lhe foi delegado. Este é o sistema preferência de funcionamento pois assim o militante não é obrigado a votar em tudo e mais alguma coisa, ao mesmo tempo que delega a alguém que crê ser mais competente essa função e votar e decidir na área em que lhe delegou representatividade para tal(há um prepresentante para cada secretaria).

3- Participação no fórum democrático

O fórum democrático é uma ferramenta de discussão das propostas onde os grupos de trabalho e os militantes podem dar aí as suas opiniões e subscrever opiniões de outros.

4- Votação directa nas propostas

Apesar de a delegação de representatividade ser preferencial o militante também tem a opção de não o fazer e votar directamente nas propostas que estão em votação. Mesmo aqueles que tem a representatividade delegada podem votar directamente nas propostas se o voto que foi feito em seu nome não lhe agradar, e dessa forma altera-o.

5- Criação de um Grupo de Trabalho

Se o militante sentir que pode fazer mais, que tem capacidade e quer fazer mais, pode criar um grupo de trabalho e fazer politica directamente dentro de uma secretaria. A partir daqui, onde chegará dependerá de quantas pessoas lhes delegarão a representatividade.

São estas as 5 formas de participação que estão à disposição de que qualquer militante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s